quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Validação e equivalência de diploma

Bom, passados 43 dias desde o recebimento dos nossos documentos pelo CIC e até agora nenhuma resposta, continuamos na espera confiantes de que nosso dossiê será aceito. Um pouco preocupados pois a lista de processos aceitos continua aumentando a cada dia e já são 885 processos no total e apenas 34 para engenheiro civi (ufa).

Enfim, hoje gostaria de contar a minha experiência para a obtenção do ECA (Educational Credential Assessment) atendendo a pedidos da Daniella e da Francine.

Antes de mais nada gostaria de explicar a diferença entre a validação e a equivalência do diploma, que causa muita confusão.

A validação do diploma é feita quando a sua profissão for regulamentada no Canadá e para que você possa exercer essa profissão você vai precisar passar por esse processo. Como por exemplo, eu que sou arquiteta e meu marido que é engenheiro civil, se quisermos ser denominados como tal no Canadá nós precisamos fazer a validação do nosso diploma. Isso não quer dizer que não poderemos trabalhar em nossas respectivas áreas, nós só não podemos nos auto denominar engenheiro ou arquiteta. E para cada profissão específica exite um processo diferente de validação de diploma, o que difere também de província para província. Andei pesquisando para a província de Ontario e percebi que para engenheiros em geral o processo é muito mais simples e menos oneroso, eles até incentivam o candidato com programas de apoio para que você não tenha que pagar a taxa de entrada de CDN$300,00. Já para arquitetos a história é um pouco diferente, antes de se dar entrada para a validação do diploma é necessário fazer a avaliação do diploma que custa cerca de CDN$1.800,00!!! E até hoje eu não achei nenhum programa de ajuda para custear esses gastos. Então, como o processo de imigração em si já é muito caro e não temos ainda nenhuma garantia, vamos esperar para poder fazer as nossas validações de diploma.

Já a equivalência de diploma é feita para o processo de imigração pelo o novo Federal Skilled Worker, o que não tem nada a ver com o processo de validação do diploma. Eles até falam que mesmo se a profissão for equivalente não garate a sua regulamentação. O ECA é elaborado exclusivamente para o processo de imigração.

A equivalência de diploma é feita apenas para o aplicante principal e nós escolhemos a WES, por questão de tempo, que é elaborada em 7 dias úteis, e dinheiro, por custar CDN$180,00+CDN$100,00 de taxa de envio. Quando demos entrada havia outras opções de análise um pouco mais caras mas que era feita em apenas 1 dia útil e 3 dias úteis, mas acabei de olhar no site e está temporariamente suspensa... As outras organizações custavam mais ou menos o mesmo valor, mas o tempo de análise era muito maior (de 3 - 8 semanas).

Os documentos necessários para a análise são:
- cópias dos diplomas de todos os cursos superiores cursados, por exemplo, bacharelado, licenciatura, mestrado, doutorado (não precisa do diploma de ensino médio). Outro detalhe é que é cobrado a taxa de análise para cada candidato e não por cada curso que ele tenha feito.
- se esses diplomas não estiverem em inglês ou francês será necessário uma cópia da tradução
- histórico escolar enviado diretamente pela instituição de ensino
- e, se o histórico também não estiver em inglês ou francês, a tradução.

O que nós enviamos (no mesmo envelope):
- cópia do diploma de engenheiro civil e técnico em edificações;
- cópia da tradução (no nosso caso fizemos com um tradutor de Toronto então não foi uma tradução juramentada como conhecemos no Brasil) dos diplomas e históricos escolares;
- e mais dois envelopes lacrados pela a instituição de ensino com a cópia do histórico escolar e o requerimento fornecido pela a WES.

Na verdade eles pedem para que esses históricos sejam enviados diretamente pelas escolas, mas no nosso caso fomos até a faculdade e ninguém queria fazer isso e toda vez que explicavamos que era uma exigência para um processo de imigração eles faziam cara feia, cara de poucos amigos e ninguém teve a boa vontade de nos ajudar, foi uma novela! Então eu mandei um e-mail para a WES explicando a situação e perguntei se eu poderia enviar esses envelopes lacrados fornecidos pelas instituições junto com os meus documentos e eles responderam que não era o ideal, mas que aceitariam. Fui eu então novamente na faculdade falar que eles não precisavam mandar por correio, que apenas tirassem cópia do histórico e preenchessem o formulário, colocassem num envelope da faculdade, fechassem o envelope e lacrassem, pois eu mesma me encarregaria de envia-los. E foi o que fiz! Dessa maneira economizei os envios dos envelopes com os históricos e a vantagem de que todos os documentos chegariam juntos.

Enviei os documentos por Fedex (R$140,00) no dia 26/04 e eles chegaram no dia 30/04. No dia 03/05 eles mandaram um e-mail confirmando o recebimento e no dia 08/05 outro e-mail dizendo que o processo iria ser analisado em 7 dias úteis. Mas no dia 12/05 eles já haviam finalizado a análise e no dia 14/05 já postaram o documento. E, finalmente, no dia 16/05 recebemos o tão esperado ECA.
No total foram 20 dias entre o envio dos documentos e o recebimento do ECA.

50 comentários:

  1. Olá!
    Estamos sempre acompanhando os posts de vocês, e vamos fazer a equivalência dos diplomas em breve também, obrigada pelas dicas!

    Sejam bem-vindos em nosso blog também!

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá D e H! Fico feliz em saber que vcs acompanham os posts e que posso estar ajudando de alguma forma!

      Se tiver alguma dúvida sobre a equivalência de diploma pode perguntar, irei ajudar no que for preciso.

      Abraços!

      Excluir
  2. Na epoca que eu apliquei nao tinha esse negocio de ECA... mas por mais chato que pareca, eu realmente acho que isso pode ser uma coisa boa. Se vc tem a aprovacao inicial, imagino que o processo de imigracao seja mais rapido/eficiente... e que isso de alguma forma auxilie na validacao la na frente. Sera?
    Vamos descobrir em breve! rsrsrs
    Beijos e boa sorte nessa caminhada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pati, também acho que isso é uma coisa positiva, essa é uma das propostas do governo canadense para agilizar o processo de imigração. Porém eles mesmo falam que se o resultado do ECA for positivo isso não garante que a sua profissão será reconhecida, mas acho que muito longe disso vc não deve estar. Então o jeito é aguardar e ver se o processo será mesmo rápido como eles estão prometendo.
      Dedos cruzados!
      Beijos e obrigada!

      Excluir
  3. Olá:
    Parabéns pelo excelente post, pelo blog e, principalmente, pela finalização do processo.
    Eu e meu marido vamos entrar com o processo e estamos na fase da equivalência do diploma. Ao ler teu post fiquei com a seguinte dúvida:
    - A instituição do curso técnico é a mesma do nível superior, por isso o envio de 2 envelopes, cada um contendo cada histórico e a ficha preenchida?
    A pergunta parece "meio idiota", mas como o caso do meu marido é semelhante ao de vocês (curso técnico em eletrotécnica e superior em eng. elétrica) ficamos com essa dúvida, pois ele fez os cursos em instituições diferentes.
    Agradeço se puder ajudar. Abraço, Luciana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luciana, seja bem-vinda ao blog!

      No caso do meu marido foram 2 instituições diferentes, uma do curso técnico e a outra do curso superior, por isso enviamos 2 envelopes, cada um com seu respectivo histórico e ficha preenchida pela instituição de ensino.

      Espero ter ajudado, qualquer dúvida fique a vontade em perguntar :)

      Abraço!

      Excluir
  4. Obrigada pela resposta. Ajudou bastante.
    Aproveitando a tua bondade...hehehe...tenho mais 1 perguntinha:
    - Qual pontuação vocês conseguiram no quesito educação? Foi considerada a certificação do nível técnico? Ou seja, 22 pontos (Two or more Canadian post-secondary degrees or diplomas or equal)?
    Obrigada!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fique a vontade para perguntar Luciana!

      Apesar de termos enviado os documentos do curso técnico para a WES, o ECA veio apenas com a equivalência do curso superior. E, como na época queríamos enviar os documentos para o Consulado o quanto antes, nem questionamos o porque deles não terem considerado o curso técnico... talvez seja porque o curso técnico do meu marido seja de apenas 1 ano e meio e, se eu não me engano (acho que li isso em algum lugar), eles consideram apenas cursos técnicos com duração superior a 2 anos. Mas de qualquer maneira acho que vale a pena vcs mandarem os documentos do curso técnico também, vai que eles consideram, não dá para arriscar!

      Quanto a pontuação não dá para saber, é um tiro no escuro... o Consulado não fala nada sobre quantos pontos vc atingiu... eles só falam quando vc não conseguiu a pontuação mínima... ai sim eles devolvem o seu processo e te mostram o que eles consideraram em cada item e porque vc não atingiu os 67 pontos...

      No nosso caso, como o ECA veio apenas com o curso superior acho que foi considerado apenas 21 pontos, mas como pelos nossos cálculos estávamos com 73 pontos, 1 pontinho não ia fazer muita diferença!

      Beijos!

      Excluir
  5. Boa tarde. Primeiramente parabéns por terem realizado o sonho de conseguir imigrar para o Canada. Estou na lida aqui para este ano.
    Gostaria de saber se pode me dar uma luz a respeito de uma questãozinha:
    Já separei o diploma da faculdade e fiz a solicitação junto a instituição para que faça o envio do histório diretamente ao WES (no meu caso eles INCRIVELMENTE irão fazer da forma que o WES pede, ou seja, eles mesmo enviando e eu não vou pagar nada por isto).

    Pelo seu post, notei que vc enviou tradução tanto do diploma como do histórico escolar. Agora a pergunta:

    Se a instituição irá enviar o meu histórico diretamente para o WES, como faço com a tal tradução? Envio só do diploma?

    Eu até tenho um histórico em casa (que me foi entregue junto com o diploma), caso seja necessário enviar a cópia traduzida. Outra coisa, precisa ser juramentada esta tradução, tando do diploma quanto do histórico?

    Grato pela futura resposta.... and good luck to you both! Se tudo der certo ano que vem eu, a esposa e a cachorrinha estaremos por ai também, só que em Calgary.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Adriano, seja bem-vindo ao blog!

      Eles pedem que todos os documentos que não sejam em inglês tenham a tradução, pois como é um empresa canadense que faz essa equivalência do diploma, se vc mandar em português eles não vão entender nada!

      Você poderia mandar a sua cópia do histórico escolar junto com a tradução, além do histórico que a própria universidade irá mandar, pois provavelmente a instituição irá mandar o mesmo documento que vc tem.

      Se vc fizer a tradução aqui no Brasil ela precisa ser juramentada sim, mas se vc fizer no Canadá, assim como eu fiz, é só escolher um tradutor certificado que possui número de registro que eles aceitam sem a juramentação.

      Desculpe na demora em responder e espero ter ajudado.

      Se tiver blog me manda ai para a gente ir se falando... e boa sorte nesse processo!

      Excluir
    2. Boa tarde,
      Você tem uma indicação de tradutor no Canada?
      Obrigada!
      Tatiana

      Excluir
    3. Olá Tati, nós fizemos com o Fernando Silva, que é um brasileiro que mora em Toronto e é tradutor certificado daqui. O e-mail dele é ftadeubr@yahoo.com.br.

      Boa sorte

      Excluir
    4. Para alguns que perguntam se há necessidade de ser tradução juramentada... Fiz a tradução livre e não tive problemas. Quanto a instituição, pedimos que nos dessem um envelope timbrado e explicamos o motivo e nós mesmos enviamos...Deu tudo certo! :)

      Excluir
  6. Olá pessoal, antes de tudo quero dizer que seus posts são muito úteis pra nós que estamos começando essa aventura...gostaria de tirar dúvidas sobre duas coisas...primeira, é que a minha esposa que vai ser aplicante principal,, ela é fisioterapeuta com pos graduação e etc...somos de Recife, mas ela se formou em Maceió e fez a pós no Rio de JAneiro, então estamos com um probleminha de envio também, já enviamos um e-mail como vocês para o WES para saber se há problrma em enviar tudo assinado e selado mas dentro de um único envelope enviado por nos via FEDEX, o q vcs acham?! Segundo...vocês precisaram mandar as cópias autenticadas? No site eles dizem pra não mandarmos nada original, mas também não dizem se precisa ser copia autenticada, apenas legível...como vocês fizeram isso?!

    Já agradeço demais pelo seu tempo e ajuda.

    Abs

    Jansen

    ResponderExcluir
  7. Olá Jansen, seja bem-vindo ao blog! Espero que meus posts possam ajudar quem ainda está começando o processo, assim como vc!

    Nós enviamos o nosso tudo no mesmo envelope: as nossas cópias dos originais e as traduções + 2 envelopes lacrados e assinado pelas instituições e não tivemos nenhum problema. Mas antes de fazer isso mandei o e-mail para o WES perguntando se estava tudo ok se eu fizesse dessa maneira, pois se lá na frente eles me falassem alguma coisa eu tinha o e-mail registrado com o aval deles, só para me resguardar, sabe...

    Quanto as cópias nós mandamos simples mesmo, não chegamos a autenticar, pois na tradução que recebemos do tradutor de Toronto ele anexou também uma cópia do documento, carimbado e assinado, então achei que isso também seria uma forma de reforçar que a minha cópia não era falsa. Mas, como o seguro morreu de velho, se vc quiser mandar a cópia autenticada pelo menos vc dorme mais tranquilo, pois mais do que isso eles não podem pedir e para vc também não se arrepender de mandar cópia simples e lá na frente eles pedirem cópias autenticadas e vc tiver que gastar novamente com envio, além da demora em todo esse trâmite. Não custa nada dar uma passadinha no cartório e autenticar essas cópias e esse será o menor dos seus gastos... apenas minha opinião!

    Se tiver mais alguma dúvida, fique a vontade em perguntar! Fico feliz em poder ajudar as pessoas nessa etapa, pois já passei por isso e também ficava vasculhando a internet sobre informações...

    Boa sorte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pela atenção de responder rápido...realmente é melhor pecar por excesso, vou fazer isso mesmo!

      Quero estar com tudo pronto e apenas esperando ver se haverá alguma novidade quando ao processo desse ano...vocês tem alguma prévia de algo? Minha ansiedade me mata ehueheuheu

      Obrigado mais uma vez pela atenção!

      Jansen

      Excluir
    2. Jansen

      Na minha opinião acho que o processo em si não irá mudar, como já houve uma grande mudança no ano passado, creio que esse ano eles irão manter o mesmo sistema. O que pode mudar é a lista das profissões, essa sim não dá para saber o que eles irão fazer...

      Abraços!

      Excluir
  8. Mais uma dúvida pessoal, é necessário traduzir novamente os hitoricos e diplomas ??? O ECA já não vai servir pra isso?? Pergunto isso pois como vocês bem sabem tradução juramentada é bem carinha né?! eheuheuheu

    Aguardo comentários.

    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A tradução dos diplomas e históricos escolares vc vai fazer uma vez só, para o WES vc pode mandar cópia simples da tradução e para o consulado eu mandei a tradução original, pois eles pedem além do ECA original + cópia simples do diploma e histórico escolar + tradução dos documentos que não estiverem em inglês.

      Como o processo é enviado primeiramente para o Canadá, quem irá analisar será um canadense que não entende nada de português, então fique bem atento: tudo que estiver em português precisa de tradução.

      Boa sorte!

      Excluir
  9. Ótimas dicas pessoal, começamos agora um blog também, aguardo visitas!

    Abs

    ResponderExcluir
  10. Pessoal, bom dia.
    As dicas são excelentes, mas acima de tudo a inspiração que vocês passam é algo muito bom. Igual a vocês dois, eu e minha esposa, pretendemos imigrar para o Canadá. No momento ainda estamos estudando engenharia civil e arquitetura, respectivamente. Vocês falam do WES, ele é uma espécie de orgão responsável pela validação do nosso diploma no Canadá não é?
    Quanto a engenharia civil, precisa-se associa-se ao CSCE (Sociedade Canadense para Engenheiros Civis) ou na Associação da província. Isso não é meio complicado? Você já tem alguma informação?
    Grato, sucesso e tenho certeza que vocês conseguirão.
    Apenas não esqueçam de continuar postando no blog!
    Boa semana. (thiagoecdias@gmail.com)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Thiago!

      O WES faz a equivalencia do diploma para que vc possa se aplicar para o processo de imigração para o Canada, que é uma nova exigencia do Consulado que começou em maio do ano passado.

      Para vc trabalhar em Ontario (eh diferente para cada provincia) vc precisa ter uma licença no PEO (Professional Engineers Ontario). Meu marido começou agora a fazer esse processo, é bem trabalhoso mas não é impossível.

      Obrigada e boa sorte!

      Excluir
  11. Bom dia,

    Estou me formando Engenheiro Civl e minha esposa esta se formando Arquiteta. teria como voces me passarem um email para possa tirar alguma duvidas em relçao ao Canada? Ficaria muito grato...

    Abraços Junior

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Junior, fique a vontade em escrever, meu e-mail é getawaytocanada@gmail.com.

      Abraços

      Excluir
  12. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  13. Sabem informar se somente cursos técnicos podem ser validados da mesma maneira? (Mecânica e Eletrotécnica)
    Faço faculdade de Física ainda e estou tentando dois caminhos para ir ao Canadá, pelo CSF e por imigração federal de trabalho.

    Abraço e sucesso ai

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que eu já li a resposta no chat acima xD

      Excluir
    2. Olá Andre, todos os cursos podem ser verificados pelo WES para que vc possa dar entrada no processo de imigração.

      Abraços

      Excluir
  14. Alguém pode informar o contato do tradutor canadense? Sai mais barato que um tradutor brasileiro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Daniel, fizemos a tradução com o Fernando Silva que é brasileiro mas mora aqui em Toronto. Quando fizemos a nossa tradução saia mais barato traduzir aqui do que ai no Brasil e outra vantagem é que ele é um tradutor certificado aqui em Ontario, então se vc precisar usar essas traduções depois por aqui, elas são reconhecidas.

      O e-mail dele é ftadeubr@yahoo.com.br.

      Boa sorte!

      Excluir
  15. Boa tarde, parabéns pelo ótimo conteúdo de seu blog. Eu e minha esposa pretendemos imigrar para Toronto e conseguir validar o diploma dela de Fisioterapia com Mestrado e Doutorado em andamento pela UECE ( Universidade Estadual do Ceará ) mas sempre que buscamos orientações na internet não conseguimos nada direcionado apenas comentários generalizados, gostaria de solicitar sua orientação tipo com um passo a passo de como conseguir validar o diploma dela desde a procura por documentos na UECE passando pela tradução (aceito a indicação se puder..) e chegando ao contato em Toronto para concluir o processo. Desde já agradeço a atenção e mais uma vez parabéns.. André e Renata.

    ResponderExcluir
  16. Boa noite!
    Tenho achado o máximo este blog, pois gostaria muito de um passo a passo como fazer o formulário no site WES, meu marido será o principal requisitante, com nível superior. Pois teve uma parte que fiquei em dúvida de qual relatório solicitar e não conclui.
    Estamos dentro do perfil pra aplicar para FSWK, podes também publicar uma passo a passo?
    Obrigada!
    Abraços

    ResponderExcluir
  17. Oi, parabéns pelo blog!

    Tenho uma pergunta bem simples, tomara que vc possa me ajudar. Também sou arquiteta e estou morando em Vancouver. Já sabia que não podia me chamar "arquiteta" aqui até ser registrada no órgão de arquitetura da província. Eis a minha dúvida, que título posso colocar no meu currículo? Assistente de arquitetura, Técnico de arquitetura??

    Obrigada pela atenção =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juliana, também tive essa dúvida... vc pode colocar como Architectural Designer!

      Excluir
  18. Boa tarde, assim como seu marido sou engenheira civil e técnica em edificações também e estou fazendo uma pós na área de gerenciamentos de projetos: orçamentos e pericias. Tenho 2 duvidas: cada curso conta como pontuação (técnico, graduação e pós) ou para os 3 cursos terá somente uma única pontuação? O histórico universitário do seu marido foi validado ou ele precisou estudar mais algo no Canadá para complementação do curso feito no Brasil? Como funcionam os testes para se adequar as legislações do Canadá(construção civil)?

    ResponderExcluir
  19. Sou formada em pedagogia. Gostaria de trabalhar como professora de kindergarten no Canadá. Preciso validar meu diploma tbm? Como é feito esse processo?

    ResponderExcluir
  20. olá. gostaria de saber 2 coisas:
    1°) quanto tempo leva para a validação do diploma?
    2°) como é feito esse processo de validação?

    ResponderExcluir
  21. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  22. Olá, tenho algumas dúvidas que acho que você poderia me ajudar.
    1) Eu e meu marido somos engenheiros, só um dos dois precisa enviar os documentos ou ambos?
    2) Para atuar como engenheiro o diploma apenas é suficiente para conseguir o status de engenheiro no Canada?
    3) No caso de diploma de especialização/MBA (postgratuade) você sabe como funciona? É aceito? Vale a pena?

    Obrigada!!

    ResponderExcluir
  23. Boa tarde, sou arquiteta e urbanista e engenheira civil, estou planejando me mudar para o Canadá. Vi que a validação do diploma é onerosa e difícil, você ou seu marido conseguiram? Se sim, como foi? Muito difícil entrar no mercado? Obrigada

    ResponderExcluir
  24. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  25. Olá! Meu nome é Aline e queria esclarecer uma dúvida:
    Quando você diz: "A equivalência de diploma é feita apenas para o aplicante principal..." o que significa exatamente?
    Pergunto, porque a documentação do meu marido já foi enviada para o WES e eu queria saber se eu enviar a minha também (diplomas de mestrado e graduação) irá ajudar a aumentar a pontuação dele - já que ele é que está aplicando... Ou isso não faz nenhuma diferença na pontuação dele?
    Desde já, agradeço!
    Abçs e parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
  26. Olá, espero não estar repetindo perguntas já feitas. Queria saber se para eng. civil, depois da validação do WES, foi preciso validar em algum outro lugar. Com essa validação do WES já foi possível prestar o exame da ordem dos engenheiros de lá?

    Abs

    Victor

    ResponderExcluir
  27. Amei as informações que vocês deram, gostaria só de saber uma coisa.... devo primeiro fazer a equivalência do diploma ou a validação do diploma?

    ResponderExcluir
  28. Eu sou Colombiano e moro aqui no Brasil há 7 anos. Eu dou aula numa universidade particular aqui no Brasil e quero ir morar no Canadá, e tentar trabalhar como professor. Sou engenheiro mecânico e a minha esposa é tecnóloga de produção, eu tenho mestrado (materiais) e ela tem mestrado (materiais) e doutorado (química). Para ser professor há necessidade de validar o diploma ou não?.

    ResponderExcluir
  29. boa note, sou Fisioterapeuta. Existe algum preparatório pra validação de diploma, seja online ou presencial - RJ? Obrigada

    ResponderExcluir
  30. boa note, sou Fisioterapeuta. Existe algum preparatório pra validação de diploma, seja online ou presencial - RJ? Obrigada

    ResponderExcluir
  31. Olá. Boa tarde. Meu nome é Renata e sou Farmacêutica e meu marido Engenheiro.
    Gostaria de saber se o diploma depois de validado tem alguma validade, ou se posso dar entrada no processo de imigração daqui um ano, por exemplo!
    Obrigada

    ResponderExcluir